fbpx Skip to content

A importância dos primeiros 1000 dias do bebê

importância dos primeiros 1000 dias do bebê

Aprenda a importância dos primeiros 1000 dias do bebê

Você sabia que o início da vida dos pequenos é determinante, e pode influenciar a sua saúde por toda a vida? Especialmente o período de 1000 dias, que se referem ao período que vai do primeiro dia de gestação até os 2 anos de idade. 

 

A importância dos primeiros 1000 dias do bebê

Os primeiros 1000 dias do bebê, correspondem ao período também conhecido como “intervalo de ouro”, em que ocorre a maior parte do desenvolvimento neurológico, endócrino e imune da criança, refletindo por toda a vida!

Já é bem documentado que a genética não é soberana na determinação do potencial de crescimento e desenvolvimento humano, apenas cerca de 20% dos nossos genes são influenciados por fatores hereditários, enquanto a maior parte deles relacionam-se aos fatores ambientais como: estresse, infecções medicamentos, e claro, a nutrição. 

A nutrição impacta a vida do pequeno antes mesmo da gestação. Quando a mãe investe em uma alimentação saudável, ela já está contribuindo para a programação genética saudável do filho ao decorrer da vida.

Assim, uma alimentação adequada durante a gestação, associada ao aleitamento materno, e posteriormente correta introdução alimentar e manutenção de bons hábitos alimentares, fazem toda a diferença!

Estes cuidados com a saúde nos primeiros 1000 dias têm um papel protetor, que contribui para um futuro no qual as habilidades cognitivas, motoras e sociais estimularão a saúde, imunidade e o potencial máximo do adulto. 

Este é um presente inestimável para o seu pequeno.

 

O amor ensina

Carinho e vínculo durante os primeiros anos de vida do seu filho, beneficiam o desenvolvimento emocional e cognitivo. 

”A estimulação e a interação dos pais com o bebê alavancam o desenvolvimento neurológico e fortalecem a capacidade de aprendizagem da criança. O ingrediente mais importante para a construção cerebral saudável e estável é o cuidado que os adultos dedicam a criança.” Jack Shonkoff, pesquisador na Harvard.

Não esqueça de contar sempre com acompanhamento profissional nesta fase inicial tão importante. 

————————————————–

Texto escrito por: Carol Albuquerque – CRN 50858

Mestre em Nutrição do Nascimento à Adolescência pelo Centro Universitário São Camilo. Aprimoramento em Nutrição, Saúde Pública, Consumo e Comunicação pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto – Portugal.

Curso Desenvolvendo cidades saudáveis para reverter a obesidade e doenças crônicas não transmissíveis – Columbia University – New York. Formação em Intuitive Eating Pro Skills Training Teleseminar com Evelyn Tribole. Mindfulness-based intuitive eating pelo Programa Eat for life com Lynn Rossy vice-presidente do Centro de Mindful Eating – Califórnia.

Rua José Antonio Coelho, 801
Térreo – Sala 2 – Vila Mariana
São Paulo – SP
11 97498-6907
[email protected]

Logo do Instagram PNG [Fundo Transparente]

Confira outros conteúdos da Carol Albuquerque.


1

Ver carrinho